Vamos falar de tecidos?

Será que existe algum tecido que seja o melhor?


A verdade é que cada tecido tem os seus prós e contras. Como eu sempre digo, o primeiro passo é entender quais são as suas prioridades ao escolher uma peça de roupa:

> é deixar o corpo respirar?

> é a praticidade nos cuidados diários, como lavar, passar?

> é o preço? porque sim, quando falamos de tecidos, é preciso levar em consideração o quanto você está disposto a gastar em uma peça do vestuário. E vale lembrar que preço nem sempre tem a ver com qualidade, viu!?


Eu vejo muita gente por aí falando mal de poliéster, resumindo os tecidos que levam esta fibra na composição como algo ruim, mas, isso é generalizar uma matéria-prima a muito pouco.


É claro que existem tecidos de poliéster com uma qualidade bem inferior: duro, sem caimento, com o toque muito seco... assim como também existem algodões e viscoses, por exemplo, de péssima qualidade. Isso mais tem a ver com o processo de fabricação dos fios, pois isto influencia diretamente na sua estrutura construtiva e, também, com o acabamento que a tecelagem dá ao tecido.


Para te situar um pouco mais, o poliéster é uma fibra sintética, derivada do petróleo. De fato é uma fibra que não permite o corpo respirar tão bem, mas, em contrapartida, ele é muito resistente ao amarrotamento, possui baixo encolhimento, não perde cor com facilidade nas lavagens e tem uma durabilidade indiscutível.


Tecidos naturais e artificiais são mais frescos, deixam o corpo respirar, mas também tem os seus poréns - eles podem desgastar com maior facilidade, exigem mais atenção nas lavagens e, inclusive, podem encolher, além de amarrotarem com maior facilidade.


Por isso, quando me perguntam se tem certo e errado? Não, não tem. O certo é que você dê preferência para os materiais que se adequem ao seu estilo de vida e às suas necessidades.


E se você já tá aí, pronta para me dizer que poliéster não é sustentável... eu te digo: nenhum tecido vai ser 100% sustentável, porque todos eles exigem recursos do meio ambiente. É importante lembrar também, que a origem do material é apenas uma parte do processo. A produção de uma roupa nunca é tão simples.


É por isso que eu repito, a melhor maneira de ser sustentável na moda é consumir com consciência, avaliar melhor o que vai comprar, usar mais vezes a mesma peça de roupa, fazer o guarda-roupa render muitas combinações.


Por aqui a gente tem feito um bom mix dos materiais. Tem poliéster, tem viscose, tem linho, tem poliamida... e é essa mesmo a minha intenção! Sempre ter um pouco de cada para atender ao gosto e necessidade de cada uma de vocês.


Então, para fechar o tema de hoje, fica a dica:

passe a observar mais as suas preferências nas roupas, sempre cuidem do processo de lavagem (pois essa sempre será a melhor maneira de fazer suas roupas durarem) e não se esqueçam: A MODELAGEM IMPORTA TANTO QUANTO O TECIDO, uma modelagem ruim acaba com qualquer roupa.


Com amor,

Lulu <3

14 visualizações
Siga-nos:
logotipo lulu seda roupas femininas práticas e lindas

Rua Professor Miguel de Souza, 360 - 29.145.383/0001-78

LUÍZA DE CASTRO SÊDA 09943847697

2020 © Lulu Seda - Todos os direitos reservados.

Minas Gerais - Brasil.