Trip Tips: Pico da Bandeira

Esse clima pré férias me fez lembrar de uma viagem sensacional que fiz esse ano: Alto Caparaó. Para quem não sabe, é lá que encontra-se a terceira montanha mais alta do Brasil, o Pico da Bandeira. O Parque Nacional do Caparaó, fica entre o Espírito Santo e Minas Gerais. Saindo de BH, levamos cerca de 6h para chegar à cidade.


Portal de Alto Caparaó


Fomos no fim de Abril. Organizamos a viagem por nossa conta mesmo, pesquisando as informações na internet e coletando dicas com amigos que já fizeram o passeio. Não tem muito mistério... é chegar na cidade e ir direto ao Parque Nacional do Caparaó e preencher um formulário com os seus dados pessoais para registro.


Chegar ao cume não é lá das tarefas mais difíceis, mas também não é super fácil. São 2.890 metros de altitude e exige sim um certo condicionamento físico, mas qualquer pessoa que pratica atividades físicas regularmente tem condições de fazer o passeio. Nem por isso vá despreparado. Fui de tênis de corrida e me arrependi muito. O frio que entrava nos pés era muito intenso e achei que fosse congelar meus dedos (mesmo com duas meias super grossas). E, além disso, o tênis não dá tanta firmeza como uma bota para trekking.


Nós optamos por fazer o passeio em duas etapas. Chegamos no parque e estacionamos o carro no último ponto que é possível chegar: chamado Tronqueira. Algumas pessoas optam por dormir ali, mas nós decidimos continuar a caminhada até o Terreirão, que é o último local para acampar, já mais perto do cume. A caminhada é bem puxada... são umas 4 horas andando com mochilão muito pesado nas costas! É preciso levar barraca, roupa de frio, comida, fogareiro. O máximo que der pra economizar, melhor. Tudo fica muito pesado quando você está subindo uma montanha, rs.



Dica experta: não subestime o frio! Lá em cima fica realmente gelado de madrugada. O frio é muito intenso e cortante. Caímos na besteira de não levar isolante térmico e saco de dormir e sofremos MUITO nas horinhas de descanso antes de começar a subida.


Morrendo de frio na montanha


Por volta de 02h30min da manhã, levantamos e seguimos em direção ao cume. É muito importante que nessa segunda parte, você leve o mínimo possível. Bastante água, um lanchinho e lanterna. São aproximadamente mais duas horas e meia caminhando, mas tudo depende da sua disposição. Não se esqueça, também, que no escuro da noite a gente não tem a mesma agilidade que durante o dia. Aproveite para apreciar o céu estrelado e a lua!


Chegamos ao cume ainda no escuro, mas em poucos minutos o céu começou a apontar um brilho radiante do sol. Aqui, o frio é assustador! Muito congelante, mas vale o sacrifício para apreciar o sol nascer lá de cima. É mágico!



Depois de apreciar essa beleza da natureza, partiu descer morro a baixo! Aí é a hora que o calor vem com tudo e começa a suadeira por debaixo de tanta roupa de frio, rs.


Nós chegamos de volta ao Terreirão e fizemos um lanche bem reforçado, desmontamos nossa barraca e seguimos descendo até a Tronqueira. Como presente merecido para nossa aventura, dormimos em uma pousadinha super simples (que me pareceu um luxo, depois de ter dormido com muito frio numa barraca) e saímos para um lanchinho em uma cafeteria que não me lembro o nome, mas que tinha um chocolate quente dos deuses!



Além de toda essa maravilha, antes de ir embora tivemos a oportunidade de conhecer duas outras coisas sensacionais: a Ceva do Caparaó e o Café Serra Azul. Alto Caparaó tem fama de ter os melhores cafés de Minas. E realmente faz todo sentido! Vale muito a pena trazer de lembrança da viagem um cafezinho de lá.



Foi uma oportunidade de conhecer pequenos produtores, que abriram as portas de suas casas e não apenas nos venderam, mas nos mostraram todo o processo de fabricação dos produtos! Foi o ápice da viagem! Pra fechar com chave de ouro mesmo. Me fez lembrar o quanto é vantajoso ser pequeno empreendedor e ter a oportunidade deste tipo de contato com os clientes. De uma forma carinhosa e com brilho nos olhos.



Voltei de lá renovada!


Gostam quando eu conto das minhas viagens por aqui?

Me contem nos comentários! :)


Com Amor,

Lulu

0 visualização
Siga-nos:
logotipo lulu seda roupas femininas práticas e lindas

Rua Professor Miguel de Souza, 360, Belo Horizonte / MG 29.145.383/0001-78

LUÍZA DE CASTRO SÊDA 09943847697

2020 © Lulu Seda - Todos os direitos reservados.