O início de tudo - Parte I

Atualizado: 12 de Set de 2019


Esses dias recebi uma cliente aqui no ateliê que me despertou a vontade de escrever como começou minha carreira na moda. E preciso dizer... eu AMO contar a minha história! :)


Pra quem não me conhece, sou Luíza Sêda. Sim. Sêda é meu sobrenome e como adoro dizer por aí: é que nasci mesmo para a moda! :)



Minha mãe conta que meu gosto por moda começou desde criança... cheia de vontades, eu sempre gostei de escolher minhas roupas sozinha. Cresci. Cheguei ao ensino médio, naquele momento de milhões de incertezas sobre o que cursar no vestibular, e, confesso, moda não era algo que eu pensava pra mim. Sempre achei que para estudar moda tinha que ser daquelas pessoas bem diferentonas, sabe? E eu sempre me achei muito normal... rs.


Eu com as minhas coleguinhas da escola. Claro, a do meio... bem ousada, de barriga de fora!

Foi então que entrei para um processo de orientação vocacional. Nesse processo, que é quase uma terapia, descobri diversas coisas sobre mim. A principal delas: minha vocação para a moda!


Assim que chegamos a essa conclusão, um susto! Eu fui a pessoa mais preconceituosa do mundo comigo mesma, com o curso, com a área. Falei que nunca ganharia dinheiro com isso, que minha família não iria me apoiar, que era loucura... Cheguei até mesmo a duvidar do processo de orientação (a louca!), mas a Cláudia, orientadora querida, teve a maior paciência para me explicar como chegamos a este resultado e me mostrou todas as áreas possíveis de se trabalhar. Inclusive, me lembrando o tempo todo que outra vocação era algo que puxei da minha mãe: a assistência social, e que era super possível que eu pensasse na moda de outra forma, trabalhando de uma maneira que fosse possível ajudar às pessoas.


Quando contei à minha família, todos me apoiaram muito e acharam a minha cara! E assim, percebi que eu estava com medo de encarar um curso que não tradicional.


Estudei muito e amei o curso logo de cara! Ficava ansiosa pra conseguir logo um estágio e aprender mais. Ao longo do curso eu dizia que meu desejo era trabalhar com fotografia ou marketing de moda.


Um belo dia decidi participar do um processo seletivo oferecido pela universidade para estudar fora do país por um semestre. As opções eram: Peru, Argentina ou Portugal. Escolhi me candidatar para o Peru! País totalmente desconhecido por mim, mas que me encantou quando passei a pesquisar informações na internet. Fui selecionada e, em março de 2012, embarquei nessa aventura. Nunca iria imaginar o que o destino estava preparando para mim.


Fachada do CEAM - Centro de Altos Estudios de la Moda, em Lima, Peru, onde estudei por 5 meses.

Intercâmbio chegando ao fim, vi muitos dos amigos que moravam comigo em Lima fazendo entrevistas de emprego via skype, correndo atrás das oportunidades e fiquei muito inspirada. Decidi, cerca de um mês antes de voltar ao Brasil, me candidatar para algumas vagas de estágio na tentativa de voltar empregada.


Em uma das oportunidades que me inscrevi, optei por escrever um e-mail bem sincero... contei que estava no Peru, que já tinha data para voltar ao Brasil e que queria muito conseguir um estágio. Disse também que estava disposta a fazer uma entrevista via skype. Para minha surpresa, a resposta à este e-mail dizia que o diretor da empresa estava indo à Lima em algumas semanas e se poderíamos agendar uma entrevista por lá! Coincidência?! Não. Destino!


Foi assim que comecei a trabalhar com moda.


Os trabalhos começaram enquanto eu ainda estava no Peru, acompanhando uma fábrica que produzia roupas para a marca. Nada de fotografia, nada de marketing. O trabalho era de Assistente de Estilo, totalmente voltado à criação e de moda masculina. Agarrei a oportunidade com unhas e dentes e sem saber se era aquilo mesmo que eu queria (só vai, sabe?!). Ao voltar para o Brasil, no dia seguinte já estava no escritório e com o contrato de estágio assinado! O que era só o meu primeiro estágio acabou se tornando o maior dos meus aprendizados. Resultado: CINCO ANOS COMO ESTILISTA DA ZAK (marca de moda masculina daqui de BH).


Eu e meus colegas de trabalho na Zak, quando já estava prestes a sair.

Quer saber como continua essa história?

Se inscreva na newsletter do site (no rodapé da página inicial) e continue acompanhando pelas redes sociais!

Em breve parte II no ar! :)

Com amor,

Lulu <3

#moda #carreira #trabalho #estilista #intercâmbio #peru #ceam #estudarfora #comotudocomeçou #profissão #designerdemoda #assistentedeestilo #ondeestudarmoda #queroestudarmoda

0 visualização
Siga-nos:
logotipo lulu seda roupas femininas práticas e lindas

Rua Professor Miguel de Souza, 360, Belo Horizonte / MG 29.145.383/0001-78

LUÍZA DE CASTRO SÊDA 09943847697

2020 © Lulu Seda - Todos os direitos reservados.